Governo de Poá vai reativar na próxima segunda a Pediatria no Guido Guida e anuncia a abertura de Pronto Atendimento Infantil modelo até o fim deste ano
O prefeito Gian Lopes e seu vice Marquinhos Indaiá, anunciaram hoje que o atendimento de Pediatria do Guido Guida será retomado/ Foto: Flávio Aquino/Departamento de Comunicação de Poá

O prefeito de Poá, Gian Lopes (PR) e o vice-prefeito e secretário de Saúde, Marcos Ribeiro da Costa, o Marquinhos Indaiá (PDT), anunciaram nesta quinta-feira, 14, durante coletiva de imprensa, que o atendimento de Pediatria, no Hospital Guido Guida, será retomado a partir de segunda-feira, 18.

A medida só foi possível graças à liberação de R$ 5 milhões, por parte do governador Márcio França (PSB), que entendeu o momento financeiro delicado de Poá e garantiu que vai apoiar o município para que a oferta de serviços essenciais na cidade não seja interrompida.

“Assinei com grande felicidade o contrato para contratação emergencial de 14 médicos pediatras plantonistas, para o retorno da ala pediátrica no Hospital Guido Guida. Agradecemos o governador Márcio França, pois graças à verba de R$ 5 milhões que ele destinou para Poá, nós conseguimos fazer esse contrato, que vai durar até a inauguração do Pronto Atendimento Infantil Saúde da Criança. Além disso, outra grande notícia é o contrato para a contratação de seis médicos ginecologistas, entre outros profissionais, para compor a equipe da Rede Básica nas UBSs”, ressaltou o prefeito.

Questionado pelo Jornal Oi, Gian Lopes e a direção do Guido Guida revelaram que a nova estrutura de atendimento na pediatria poderá realizar até 300 consultas por dia e que o custeio mensal da Pediatria ficará em torno de R$ 300 mil por mês.

Marquinhos Indaiá disse que o governador tem sido um grande parceiro de Poá e demonstrou seu compromisso com a cidade garantindo o retorno do atendimento da Pediatria no Hospital Guido Guida, uma das principais reivindicações da população da cidade. “Um atendimento importante às crianças do nosso município que está restabelecido na nossa principal unidade de saúde e aos poaenses que podem novamente contar com este serviço”.

Referência em Saúde da Criança

O prefeito Gian Lopes garantiu que em breve a cidade contará com o Pronto Atendimento Infantil “Saúde da Criança”. “É um espaço que também será colocado em funcionamento na cidade nos próximos meses, e teremos em Poá, futuramente, um atendimento que será referência no Alto Tietê. Agradeço o apoio da população, a luta dos nossos vereadores e principalmente ao governador Márcio França, que socorreu a cidade de Poá neste momento e com a ajuda dele poderemos retomar um serviço tão essencial ao município”.

O novo complexo de saúde do município será um local que contará com pediatras 24 horas, que atenderão crianças de zero a 14 anos, 11 meses e 30 dias. A capacidade de atendimento será de 400 crianças por dia, que serão atendidas por uma equipe especializada com médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistente sociais, farmacêuticos, entre outros.

“Para o projeto sair do papel, o deputado federal Márcio Alvino garantiu uma emenda de R$ 1 milhão e isto demonstra o comprometimento dele com a cidade. Agradeço o empenho e a disposição dele e do deputado André do Prado, sempre lutando por melhorias para o município”, completou o prefeito Gian Lopes.

O Pronto Atendimento Infantil Saúde da Criança contará com uma equipe especializada com médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistente sociais, farmacêuticos, técnicos de farmácia, entre outros.

Esta unidade visa o atendimento da população infantil, para casos de baixa e média complexidade de urgência e emergência e contará com recepção e espera; leitos de emergência, utilizados no atendimento de paciente grave, que necessita de cuidados imediatos ou semi-intensivos; sala de triagem; sala de observação pediátrica; consultórios de atendimento; posto de Enfermagem; sala de inalação e hidratação; sala de curativo e sutura; sala de gesso; sala de coleta de exames; sala de Raio-X; brinquedoteca; entre outros.

Ao ser questionado pelo Oi, o prefeito Gian estimou que o novo serviço deverá ser inaugurado até o final deste ano e, que existe previsão do orçamento da prefeitura para o ano de 2019 de uma verba de pouco mais de R$ 1 milhão (mês) que será usado para o custeio deste novo serviço de saúde.