“Ferraz é vítima de um governo frouxo”, diz Renatinho
O vereador Renatinho Se Ligue participou nesta terça do “Café na Redação”/ Foto: Soraia Alves
Prefeitura de Guararema Mirante

O jovem vereador de Ferraz de Vasconcelos, Renato Ramos  (PPS), o Renatinho Se Ligue, revelou nesta terça-feira, 23, em sua participação no programa “Café na Redação” alguns dos motivos que resultam na paralisia do governo do prefeito José Carlos Fernandes Chacon (PRB), o Zé Biruta.

Renatinho também explicou porque decidiu desistir de concorrer ao cargo deputado estadual, informou os motivos que o levaram a apoiar o deputado estadual Estevam Galvão (DEM) – que foi reeleito para mais um mandato na Assembleia Legislativa e garantiu que irá cobrar trabalho e resultados da atuação no deputado estadual eleito Rodrigo Gambale (PSL).

Gambale foi eleito no último dia 7 com mais de 86 mil votos e já entrou para a história de Ferraz como o político mais bem votado da cidade e também como o primeiro deputado ferrazense eleito para representar o município na Assembleia Legislativo do Estado de São Paulo.

Renatinho também respondeu, durante a Live, diversas perguntas encaminhadas por moradores de Ferraz e por seguidores do Oi Diário em todo o Alto Tietê.

Em vários momentos da entrevista, Renatinho ressaltou que apesar de todas as dificuldades políticas e administrativas vivenciadas pela cidade, os resultados de seu trabalho têm aparecido.

Ele citou como exemplo de que não está acomodado, como a maioria dos vereadores, a denúncia que apresentou na semana passada ao Ministério Público em Ferraz. No documento o vereador do PPS pede aos promotores de Justiça que apurem as responsabilidades pelo abandono e destruição (pelo governo de Biruta) do prédio onde funcionou até o final do ano passado a Etec.

O prédio em questão foi construído e entregue em 2007 durante o governo do ex-prefeito Jorge Abissamra, sendo que no início deste ano as turmas da Etec foram transferidas para o prédio da Fatec que foi instalado pelo governo do Estado no bairro São João.

Ocorre que desde o final de 2017 o imóvel da  Vila Jamil está sendo alvo de vandalismo, destruição e furtos.

“Se o Ministério Público comprovar que houve irregularidades da prefeitura e do dono do terreno onde a Etec foi instalada, vamos fazer a devidas denúncias criminais e exigir que os responsáveis por essa situação absurda façam o ressarcimento (aos cofres da prefeitura) de todo o prejuízo que a cidade tem sofrido com o abandono do prédio”, ressaltou o vereador.

Renatinho lamentou o fato de o governo do prefeito Biruta não estar funcionando apesar de o mandato já estar chegando a sua metade.

“Convocamos os secretários na Câmara para explicarem a falta de resultados na maioria das pastas e eles afirmam que as coisas não acontecem porque todos os processos e projetos param no setor de compras, no jurídico ou no gabinete do prefeito. Essa situação revela a falta de pulso do governo”, avaliou.

Por fim, Renatinho assegurou que irá cobrar trabalho e resultados do deputado eleito Rodrigo Gambale. “Espero que ele trabalhe para resolver inicialmente os sérios problemas que Ferraz sofre nas áreas de saúde e de segurança”. Confira toda a entrevista no site e no Facebook do Oi Diário.