empreiteira diz que vidro não oferece risco e sessão voltará ao plenário nesta quarta
A Mesa Diretiva da Casa de Leis havia interditado o Plenário na semana passada como medida cautelar/ Foto: Halln Jr.
Prefeitura de Mogi das Cruzes

A PS Engenharia, Construção e Comércio Ltda., empresa responsável pela obra do Palácio “Deputado José de Souza Candido”, emitiu um laudo à Câmara de Suzano garantindo que os vidros que compõem a estrutura da lateral do Plenário não oferecem risco. Desta forma, a sessão ordinária desta quarta-feira, 10, será realizada no local, a partir das 18 horas.

A Mesa Diretiva da Casa de Leis havia interditado o Plenário na semana passada como medida cautelar, após receber relatório de vistoria da engenheira civil da Prefeitura de Suzano, Denise Terao, que constatava o “afundamento do piso sob o vidro temperado de fechamento” e na “calçada externa” (localizada na rua Paraná).

A profissional aconselhava a interdição da área em questão até que fosse feita uma vistoria minuciosa nos vidros, pois poderia haver perigo de estilhaçarem com um movimento mais brusco, colocando em risco transeuntes e as pessoas que trabalham no local.

Não precisa interditar nada

De acordo com o laudo da PS, assinado pelo engenheiro civil Pedro Shigueo Yoshimoto Junior e recebido pela Câmara na tarde de segunda-feira, não há necessidade de interdição. De acordo com ele, o fechamento do vidro está intacto. “Não há nenhum abalo estrutural, nem na fachada, nem na estrutura de concreto”, afirma ele no documento.

Segundo o engenheiro, as trincas existentes na calçada “são provenientes de recalque de acomodação do solo próximo aos arrimos”. Ele também informa que a “pequena movimentação dos vidros é resolvida com o aperto dos parafusos”.

Yoshimoto Junior também declarou no laudo que os serviços de reparo das trincas e de revisão dos vidros serão executados a partir desta semana, “sem prejuízo algum ao funcionamento do equipamento, que poderá ser liberado e utilizado sem qualquer problema”. A Câmara de Suzano reforça que, como a obra do prédio ainda está no prazo de garantia, os reparos não terão custos adicionais.

Contribuição de Iluminação Pública

Os vereadores discutirão e votarão nesta quarta-feira o projeto de lei sobre fomento à cultura, de autoria do vereador Joaquim Rosa (PR). A propositura tem o objetivo de estimular a produção cultural local e o acesso aos espaços públicos para os artistas, grupos artísticos, instituições religiosas e associações da cidade de Suzano.