Estevam, Damásio e André do Prado garantem à reeleição. Gambale é o 1º deputado estadual da história de Ferraz
Estevam e André do Prado garantiram mais um mandato na Alesp; a surpresa desse domingo ficou por conta da eleição do ferrazense Rodrigo Gambale/ Foto: Glaucia Paulino/ Oi Diário
Prefeitura de Suzano

André do Prado (PR) conseguiu à reeleição para deputado estadual e garantiu a maior votação entre os candidatos da região do Alto Tietê que concorreram para a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

Até as 23h30 desse domingo (sendo que a apuração ainda não tinha sido 100%) ele contabilizada mais de 121 mil votos. O segundo deputado estadual da região do Alto Tietê mais votado na eleição deste dia 7 já marcou o seu nome na história de Ferraz de Vasconcelos e também da região do Alto Tietê. O jovem Rodrigo Gambale que concorreu pelo PSL de Jair Bolsonaro conquistou surpreendentes 85,7 mil votos.

Com essa votação, Gambale é o primeiro deputado estadual eleito de forma direta em toda a história de Ferraz. O terceiro mais bem colocado foi o candidato à reeleição Marcos Damásio (PR). Ele garantiu a reeleição com pouco mais de R$ 80 mil votos.

Estevam Galvão que está entre os deputados mais veteranos da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, conseguiu mais uma reeleição. Até às 23h30 desse domingo, ele contabilizava pouco mais de 58,9 mil votos e deverá continuar representando Suzano e a região na Assembleia.

O médico Luiz Carlos Gondim (PTB) que tentava a sua sexta reeleição seguida obteve pouco mais de 55 mil votos; número insuficiente para que Gondim garantisse mais um mandato na Assembleia Legislativa.

Eduardo Boigues e Caio Cunha foram bem votados   

O delegado Eduardo Boigues (PP) conseguiu mais de 48 mil votos na eleição desse domingo e apesar de não ter garantido a vaga, foi entre os novos candidatos do Alto Tietê o mais bem votado.

Por outro lado, o vereador de Mogi das Cruzes Caio Cunha (PV), também teve uma boa votação. Ele foi indicado por mais de 30 mil eleitores de poderá, inclusive,  garantir uma vaga como deputado suplente.