Está chegando a hora da verdade sobre a alça ao Rodoanel: “Suzano merece o melhor ao seu futuro e não o mais barato”
A frase usada no titulo dessa reportagem do Jornal Oi foi proferida pelo deputado estadual reeleito Estevam Galvão/ Foto: Glaucia Paulino/Oi Diário
Prefeitura de Mogi das Cruzes

A frase usada no titulo dessa reportagem do Jornal Oi foi proferida pelo deputado estadual reeleito Estevam Galvão (DEM) em sua última participação (no mês de dezembro de 2018) no programa “Café na Redação”.

“Suzano merece o melhor ao seu futuro e não o mais barato”, foi o que respondeu de forma enfática o deputado reeleito e ex-prefeito da cidade ao ser questionado sobre como Suzano poderá sair do pesadelo em que se transformou o projeto/obra para instalação de alça de saída do trecho Leste do Rodoanel na cidade.

Estevam defende desde 2013 que a alça seja construída na estrada dos Fernandes, sendo que em 2014 o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) determinou que a obra da alça fosse transferida da SP-66 (divisa de Suzano com Poá) para a estrada dos Fernandes.

Lá na estrada dos Fernandes a obra custaria R$ 160 milhões, mas não foi iniciada. Em 2018, o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PR), convenceu o novo governador do Estado (Márcio França – PSB) que seria melhor retomar o projeto da alça na SP-66 uma vez que o investimento seria menor (algo em torno de R$ 65 milhões) e a obra seria iniciada mais rapidamente.

O ano de 2018 acabou e a obra não começou na SP-66, sendo que tanto o deputado Estevam que conseguiu ser reeleito quanto o novo governador do Estado (eleito em outubro do ano passado), João Doria, defendem que a obra seja executada na estrada dos Fernandes.

Em meio a esse jogo político Suzano sofre faz mais de quatro anos sem a alça de saída ao Rodoanel.

Desde o final do ano passado o deputado Estevam já se reuniu com  Dpria e também com o vice-governador eleito Rodrigo Garcia  (DEM), mas não obteve de nenhum deles a garantia de que a alça será mesmo transferida (mais uma vez) para a estrada dos Fernandes. A hora da verdade para esse projeto e também para a cidade está chegando.