Vai Encarar ?

O “Empresa Fácil”, novo sistema de licenciamento digital da Prefeitura de Arujá, completa o segundo mês de funcionamento em janeiro.

Desde o lançamento, em novembro, foram:

  • 50 novas empresas aprovadas,
  • 171 com viabilidade liberada,
  • 331 pedidos de consultas prévias,
  • 110 indeferimentos.

O restante aguarda liberação do Estado. Agilidade, maior eficiência e menor burocracia são os principais ganhos da plataforma digital.

Considerando que o modelo antigo levava 180 dias em média para liberar ou indeferir um pedido para abertura de uma nova empresa na cidade, agora, nos casos de baixo risco, o prazo pode ser de até três dias.

Hoje, cada setor tem independência para avaliar as solicitações e muitas vezes a análise é praticamente simultânea, o que gera uma quebra na barreira burocrática. Caso haja indeferimento, o contribuinte fica sabendo os motivos, diferentemente do que ocorria antes. Essa transparência é algo que consideramos fundamental“, afirma o secretário Julio Taikan Yokoyama, o Julio do Kaikan.

A contadora Gislene Rodrigues Hebling Broinizi está entre os profissionais que utilizam a plataforma. “O sistema é muito bom. Com o início da abertura a gente não tem problema. Depois que volta da Junta Comercial às vezes fica mais confuso, acho até que por uma questão de aprimoramento“, afirma.

Ela também revela que mantém contato pessoal com o secretário de Desenvolvimento Econômico para sanar dúvidas.

NA última segunda-feira, 15, os números foram apresentados ao prefeito José Luiz Monteiro, que fez uma avaliação positiva. “Assumimos na campanha o compromisso de dar agilidade e diminuir a burocracia no que tange a abertura de empresas. É um trabalho que vem sendo muito bem desenvolvido pelo Julio e a equipe dele“, diz o prefeito.

 

 

O sistema

Apresentado em novembro a contadores e empresários da cidade, a plataforma “Empresa Fácil” foi desenvolvida pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e a SIL Tecnologia como parte do programa de desburocratização da administração pública municipal.

Totalmente digital, ela baseia-se na declaração do contribuinte, elimina entraves burocráticos e problemas como a incompatibilidade de documentos.

O sistema é acessado por meio da aba “Empresa” no site www.aruja.sp.gov.br.

Após a inclusão das informações pelo interessado, os dados e o aspecto legal do negócio proposto serão avaliados simultaneamente por diferentes setores da Prefeitura, com base no Decreto 6.855/2017.

A licença prévia de atividades de baixo risco representa 90% dos pedidos de novas empresas e a gente defere ou rejeita em até três dias. Se houver necessidade de alguma vistoria por parte dos fiscais, solicitamos mais prazo“, diz o secretário.

Outros pontos considerados importantes do novo sistema são a diminuição do uso de papel, a redução dos custos com juntada de documentação dos processos manuais utilizados até então e o crescimento da formalização de negócios em Arujá.

 

Dúvidas e informações

Toda dúvida ou sugestão de melhoria para o “Empresa Fácil” pode ser comunicada à Secretaria pelo e-mail saladoempreendedor@aruja.sp.gov.br.​

 


CLIQUE AQUI PARA SEGUIR NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

EMPREENDEDORISMO