Em Arujá vereadores denunciam falta de médicos e ‘flagram’ o prefeito atendendo no PA
Os parlamentares chegaram à unidade de saúde às 22 horas e permaneceram no local até 2 horas desta segunda-feira/ Foto: Divulgação
Prefeitura de Suzano Refis

O vereador Renato Caroba (PT) esteve nesse domingo, 8, ao lado dos vereadores Cristiane Araújo Pedro (PSD), a Cris do Barreto, Luiz Fernando Alves de Almeida (PSDB) e Rafael Santos Laranjeira (PSB) no Pronto Atendimento (PA) de Arujá para confirmar a falta de médicos que, conforme foi constatado, ocorria desde às 19 horas do dia 8 de julho.

Os parlamentares chegaram à unidade de saúde às 22 horas e permaneceram no local até 2 horas desta segunda-feira, 9, período em que se depararam com o prefeito José Luiz Monteiro (PMDB) atendendo alguns pacientes, o que confirmou a gravidade da situação no PA de Arujá.

Os quatro vereadores acionaram a Polícia Militar para denunciar omissão de socorro e registraram um boletim de ocorrência para preservação do direito de atendimento médico.

“Pagamos mensalmente cerca de R$ 2,5 milhões para ter o Pronto Atendimento funcionando e nos deparamos com esse absurdo de falta de médicos. Seria esse o tal jeito novo de cuidar de Arujá? Tomamos as medidas necessárias para que providências sejam tomadas quanto ao quadro de médicos e essa situação lamentável não persista durante a semana”, destacou Caroba.

Outros vereadores, Rogério Gonçalves Pereira (PSD), o Rogério da Padaria, e Gabriel dos Santos (PSD), também estiveram no local.

A prefeitura de Arujá poderá se manifestar sobre o assunto nas próximas horas. A empresa contratada para fazer a gestão do PA e que recebe da prefeitura para fazer o atendimento também poderá se manifestar nesta terça-feira.