Prefeitura de Mogi das Cruzes

Sem papas na língua a afiadíssimo para a campanha eleitoral em 2018, quando tentará se reeleger para mais um mandato na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Luiz Carlos Gondim (Solidariedade) conversou com a reportagem do Oi e do “Vai Encarar?” sobre as ações em 2017.

 

Deputado Gondim cobra governador Alckimin

O deputado estadual e candidato à reeleição Luiz Carlos Gondim Teixeira (Solidariedade) não está para brincadeiras neste final de ano. Na quinta-feira, 14, o veterano parlamentar cobrou publicamente o governador Geraldo Alckmin (PSDB) durante a cerimônia de início das obras de duplicação de um trecho da rodovia Mogi-Dutra, para o espanto de outros deputados estaduais e lideranças políticas da região que estavam no palanque de onde Alckmin determinou o início da obra de R$ 121 milhões.

Deputado Gondim ‘intimou’ o governador em relação a demora (de mais de uma década) do governo estadual em determinar/autorizar a abertura de um acesso viário ligando o distrito industrial do Taboão e a rodovia Ayrton Senna. O governador do Estado determinou à um assessor a realização de ‘estudo’ para que o acesso ao Taboão seja melhorado.

Alckmin também contou um ‘causo’ onde destacou a vontade do deputado por Mogi das Cruzes de aparecer para a imprensa.

Depois de cobrar o governador, o deputado conversou com a reportagem do Jornal Oi sobre o trabalho que realizou em benefício da região do Alto Tietê.

Gondim garantiu que não faz parte da oposição e vota de acordo com a bancada governista, mas que não é pelo fato de apoiar a gestão do governador Alckmin que baixou ou irá baixar a cabeça e deixar de cobrar os investimentos esperados pelo Alto Tietê.

O deputado estadual que é médico, não poupou, na entrevista ao Oi, os ‘colegas’ (deputados estaduais) que não estariam se comportando de forma adequada: “Não sou oposição, mas também não sou vaquinha de presépio do governo do Estado e nem do secretário de Saúde”, cravou o deputado que preferiu não citar nomes.

 

Márcio França deverá ampliar investimento no Alto Tietê

Gondim está otimista em relação aos investimentos que as cidades do Alto Tietê poderão receber em 2018. Isso porque o atual governador Geraldo Alckmin (PSDB) deverá deixar o Palácio dos Bandeirantes até março para concorrer ao cargo de presidente do Brasil e o seu vice, Marcio França (PSB), assumirá o posto de governador:

O Alckmin vai sair para disputar a presidência e o Márcio França vai assumir o governo. Acredito que ele (o atual vice e futuro governador) irá ampliar os investimentos em nossa região. Ele demonstrou ter compromisso com o desenvolvimento do Alto Tietê”, destacou o deputado que promete continuar ajudando os prefeitos – especialmente na área da saúde.

 

“Prefeito de Mogi só está pagando contas”, avalia o parlamentar

O Oi pediu ao deputado Gondim uma avaliação sobre as ações e resultados do 1º ano do governo do prefeito Marcus Melo (PSDB) e perguntou se ele (Gondim) ainda sonha em ser prefeito de Mogi.

Gondim destacou que as informações que correm nos bastidores do governo mogiano dão conta que o novo prefeito, em 2017, só está pagando as contas herdadas da gestão anterior: “Não existem grandes obras. O atual prefeito só está pagando as contas (herdadas) e tocando pequenas obras”, ressaltou Gondim que preferiu não responder à pergunta sobre ser candidato (mais uma vez) à prefeitura de Mogi.

O ex-vereador e deputado foi candidato três vezes ao cargo de prefeito em Mogi.

 


CLIQUE AQUI PARA SEGUIR NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK