Itaquá também decreta “Situação de Emergência
Tal medida foi necessária devido à absoluta incerteza com relação ao fim de fato do movimento grevista / Foto: Divulgação
Prefeitura de Mogi das Cruzes

A prefeitura de Itaquaquecetuba decidiu na tarde desta segunda-feira, 28,  decretar “Situação Excepcional de Emergência” devido  a grave crise de abastecimento ocasionada pela paralisação de caminhoneiros.

De acordo com o decreto, ficam autorizados os secretários de Segurança Urbana e de Serviços Urbanos, a identificar e requisitar o estoque de combustíveis de postos de gasolina nos limites municipais para o abastecimento inicialmente exclusivo de veículos oficiais da prefeitura de Itaquaquecetuba, empregadas em serviços essenciais: saúde, serviço funerário, coleta de lixo, segurança urbana e educação, caso isso seja necessário à prestação de serviços públicos essenciais.

Garantido o abastecimento da frota municipal, assim certificado pelo secretário de Serviços Urbanos, os postos ficarão livres para abastecer e comercializar os combustíveis para veículos particulares.

Tal medida foi necessária devido à absoluta incerteza com relação ao fim de fato do movimento grevista e do retorno da normalidade, podendo ocasionar o colapso em serviços públicos essenciais já a partir desta terça, 29.

Cessada a situação de emergência, o Poder Executivo indenizará os proprietários dos postos de combustíveis pelos danos que forem rigorosamente apurados e atestados. Leia nas matérias ao lado as informações sobre as decisões das prefeituras de Mogi, Arujá e Santa Isabel de decretaram situação de emergência.