A indicação foi feita, em 06 de fevereiro do ano passado, porém, até a presente data o setor competente da municipalidade ainda realizou o conserto da calçada em frente ao Centro de Integração da Cidadania (CIC), na Avenida Governador Jânio Quadros, 806, no Parque São Francisco, no sentido centro-bairro. Por isso, passado mais de um ano do pedido, o vereador Antonio Marcos Atanazio (MDB), o Marcos BR continua esperando uma atitude da Prefeitura de Ferraz.

Em contrapartida, nesses mais de 12 meses, o número de bloquetes soltos naquele trecho da citada via pública que interliga o município ao bairro de Guaianases só aumenta a cada dia que passa. Com isso, uma verdadeira cratera torna o local intransitável obrigando inclusive o cidadão que paga religiosamente em dia os seus impostos a andar no meio da Avenida correndo assim o sério risco de sofrer algum tipo de acidente de trânsito.

 

 

Na semana passada, por exemplo, o próprio vereador Marcos BR presenciou uma mãe com um carrinho de bebê duplo circulando pelo meio do passeio público, já que não tem como passar pela calçada. Detalhe: no momento, chovia e, portanto, havia o acúmulo de água, o que piorava ainda mais a situação enfrentada por aquela moradora e suas duas crianças. “Foi, na realidade, uma cena assustadora e, ao mesmo tempo, preocupante. Afinal, a família poderia ter sido atropelada”, relata Marcos BR.

Em razão desse drama todo e, sobretudo, para evitar alguma tragédia anunciada, o vereador reitera a reivindicação efetuada no início de 2017 para que finalmente, o governo municipal faça o reparo daquele trecho da calçada localizado na Avenida Jânio Quadros. Além disso, na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 19, Marcos BR lamentou os atos de vandalismo contra o prédio da antiga Escola Técnica Estadual (Etec), na mesma via, na Vila Jamil.

 

                                               Omissão

Para ele, a Prefeitura da cidade poderia ter, no mínimo, destacado um agente de segurança para preservar o espaço e não tomar providências depois de a porta ser arrombada. Por situar-se numa região carente de equipamentos públicos, Marcos BR inclusive já propôs a transformação do imóvel em uma creche, pré-escola ou posto de saúde. Na atualidade, o parlamentar espera uma resposta do Poder Executivo a sua proposta.