“Estatuto da Criança e do Adolescente” e “Rede Internacional Universidade da Paz”, temas do curso Promotoras Legais

0
36
Curso Promotoras Legais em Suzano
Curso Promotoras Legais em Suzano

O Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe) de Suzano por meio do Curso Promotoras Legais Populares, ofereceu nesta semana palestras sobre “Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) – Conselho Tutelar, Conselhos Municipais, Fundo Municipais e sua Importância” e “Rede Internacional Universidade da Paz”. A capacitação, que tem como madrinha a presidente do Fundo Social de Solidariedade e dirigente do Saspe, a primeira-dama Larissa Ashiuchi, tem a premissa de orientar as suzanenses sobre cidadania e conceitos de igualdade de gênero e respeito, ao passo em que enaltece os valores humano, social, político e econômico do público feminino.

A aula ministrada ontem (26 de setembro) foi dividida em dois momentos. Na primeira etapa, a secretária da Mulher da Prefeitura de Poá-SP, a advogada Jeruza Lisboa Pacheco Reis, falou sobre o “Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) – Conselho Tutelar, Conselhos Municipais, Fundo Municipais e sua Importância”:

“Na oportunidade, pude falar sobre a importância do ECA na sociedade, uma vez que o documento está ligado ao tratamento social e legal que deve ser oferecido às crianças e aos adolescentes de nosso País, dentro de um espírito de maior proteção e cidadania. É dever dos governos municipal, estadual e federal a proteção dos menores contra às violações dos direitos humanos”, enalteceu a especialista.

Já no segundo período do curso Promotoras Legais Populares, a psicóloga Débora Priscila Panhoto palestrou sobre “Rede Internacional Universidade da Paz (Unipaz)”. Na ocasião, a palestrante convidada falou sobre o movimento mundial que abarca pessoas e instituições que disseminam a “Cultura de Paz” entre vários segmentos sociais:

“Compartilhei com as alunas do Promotoras Legais (Populares) a ‘Arte de Viver em Paz’, que vem se mostrando um poderoso método de transformação, no sentido de despertar uma nova consciência.

Durante a aula, ainda foi reforçada a questão da maior compreensão de si mesmo, dos outros e, sobretudo, do significado desta nossa existência. Inclusive, falei sobre tolerância, paciência e amor, que são, sem dúvida, bases para uma vida pacificadora”, afirmou Débora.

Próxima aula

A próxima aula do curso Promotoras Legais Populares acontece em 3 de outubro (terça-feira), com dois módulos. Entre 18h30 e 19h45, o tema “Por que falar com os homens sobre o combate à violência contra a mulher?” será discutido entre as alunas e o psicólogo Leandro Feitosa.

Já no segundo período, a assistente social Marly Barros, da Defensoria Pública de Itaquaquecetuba-SP, vai palestrar sobre “Os Direitos do Deficiente Físico”.

 


CLIQUE AQUI PARA SEGUIR NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK


 

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO