Cultura do Estado promete programação especial para o Dia das Mães. Por que só na Capital?
As mães do Alto Tietê e de outras regiões não merecem atenção do governo de SP? Com a palavra o governador Márcio França (PSB) e o secretário ‘mogiano’ Romildo

A Secretaria de Estado da Cultura, comandada pelo mogiano Romildo Campello, está anunciando uma programação especial para toda a família para o Dia das Mães.
De acordo com informações da assessoria de imprensa do governo estadual, o público terá acesso a cinema, mostras e apresentações musicais que serão exibidas neste fim de semana, 12 e 13 de maio. Eis a seguir os eventos previstos:

Museus

No domingo, o Museu da Imagem e do Som (MIS) trará ao público uma mostra gratuita com três filmes do cineasta Pedro Almodóvar. Especialista em criar figuras maternas envolventes e complexas, todos longas retratam mães fortes e emblemáticas. Serão exibidos “Volver”, às 15 horas; “Julieta”, às 17h30; e “Tudo sobre minha mãe”, às 19h30. As sessões são gratuitas, sendo necessário retirar o ingresso uma hora antes das sessões, na recepção do museu. A partir das 11 horas do sábado, o Museu Afro Brasil inaugura a exposição “Isso É Coisa de Preto – 130 Anos da Abolição da Escravidão” que retrata mulheres e homens negros que marcaram época na história brasileira. Mais detalhes em www.museuafrobrasil.org.br.

Música, teatro e artes visuais serão reunidos no espetáculo “Pinacanção”, na Pinacoteca, no domingo. Na narrativa, dois personagens se encontram na Pinacoteca e, em meio a canções, descobrem juntos tons, texturas e escalas do mundo da pintura. A atividade é gratuita, com início às 15 horas e, para participar, basta retirar os ingressos a partir das 14h30 na entrada do auditório. No mesmo dia, das 11 às 15 horas, o “Pinafamília” leva visitantes de todas as idades para conhecer o acervo do museu. Mais informações no site www.pinacoteca.org.br.

Quem também preparou atividade especial foi o Museu do Futebol, que promove a oficina de “Marca Páginas”. Os participantes poderão produzir um presente em homenagem à mãe e à pessoa especial. A atividade é gratuita. O Museu da Casa Brasileira, com entrada gratuita aos sábados e domingos, apresenta no dia 13 Carlinhos Antunes e a Orquestra Mundana Refugi, a partir das 11 horas. As mães merecem a programação mais especial do mundo, mas por que só na Capital, onde a oferta de ações culturais já é enorme? As mães do Alto Tietê e de outras regiões não merecem atenção do governo de SP? Com a palavra o governador Márcio França (PSB) e o secretário ‘mogiano’ Romildo.