Foto: Wanderley Costa/Secop Suzano

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social de Suzano prevê para julho a conclusão da obra do novo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do Jardim Casa Branca. Enquanto isso, os serviços estão sendo oferecidos em um outro imóvel.

A transferência de prédios foi realizada seguindo o planejamento da administração municipal, que tem como meta oferecer à população uma estrutura adequada às necessidades da unidade, que atende a pessoas em situação de vulnerabilidade social. O Cras da Casa Branca deixou de funcionar na avenida Getúlio Moreira de Souza, 30, e foi instalado na rua Roberto dos Santos, 381, próximo à Paróquia São José Operário.

O trabalho realizado no local envolve, entre diversas ações, o Programa de Atendimento Integral à Família (PAIF), que trata de uma ação social em caráter continuado, visando fortalecer as funções de proteção da família e prevenir a ruptura de núcleos familiares. A iniciativa é feita por dez profissionais, entre assistentes sociais, psicólogos, educadores e equipe de apoio.

Segundo o comando da pasta, o trabalho realizado no atual endereço ocorre em caráter temporário, com o objetivo de prestar mais atenção e eficiência tanto para as famílias atendidas quanto para os profissionais que atuam junto à comunidade. A expectativa é de que a obra, que ocorre no mesmo endereço anterior do Cras, na avenida Getúlio Moreira de Souza, ao lado do Pátio Municipal de Veículos, seja concluída no segundo semestre.

“Temos uma preocupação especial com o trabalho realizado pelos agentes do Cras da Casa Branca. O novo prédio que está sendo construído não apenas dará a estrutura necessária para trabalhos presentes e futuros como também ajudará a acabar com os custos de aluguel, como acontece hoje”, explicou o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Fátimo Aparecido Rodrigues.