Corinthians-Guarulhos encara o Maringá fora de casa nesta quarta-feira

0
64
Corinthians-Guarulhos encara o Maringá fora de casa nesta quarta-feira
Corinthians-Guarulhos encara o Maringá fora de casa nesta quarta-feira

Nesta quarta-feira, dia 8, o Corinthians-Guarulhos irá buscar sua terceira vitória na Superliga Masculina de Vôlei diante do Copel Maringá, no Paraná, as 19h30, pela quinta rodada da principal competição da modalidade no país.

A equipe do técnico Alexandre Stanzioni vai confiante para este duelo após vencer Montes Claros, no último sábado, dia 4, no tie-break, por 3 sets a 2, com parciais de 17/25, 25/17, 21/25, 25/22 e 15/10.

Além da vitória na última rodada, outra conquista foi comemorada pelo elenco guarulhense. Um dos grandes nomes do vôlei nacional, o central Sidão participou pela primeira vez na temporada, de um jogo inteiro.

Estou sem palavras para esse momento. Estou emocionado. É muita superação, tudo o que passei. Tinha dúvidas que eu ia voltar a jogar e só tenho a agradecer a comissão técnica, jogadores, a todo mundo que está acreditando em mim. Minha lesão foi grave, mas minha vida sempre foi uma superação. Hoje mostrou mais uma vez por que eu estou aqui: a vontade de vencer. Tenho muita lenha para queimar“, disse o central.

 

Superliga Masculina de Vôlei
Superliga Masculina de Vôlei

 

Para o jogo diante de Maringá, Sidão sabe que a equipe precisa estar mais atenta, principalmente no início dos sets. “Sábado tivemos altos e baixos, principalmente nos dois sets que perdemos. Já conversamos sobre isso nos treinos e nas reuniões. Temos consciência que não podemos deixar mais acontecer. Contra Montes Claros conseguimos a vitória, mas temos que pensar o que precisamos melhorar e sabemos o que é preciso para mudar isso“, ressaltou o camisa 9.

Responsável pela contratação de Sidão nesta temporada, o técnico Stanzioni ressaltou a confiança no jogador que, ao longo deste início de jogos oficiais com clube foi entrando nas partidas aos poucos. “O Sidão está pronto. É questão dele agora adquirir confiança. Apostamos muito nele, ninguém ia trazer ele para um projeto, sem jogar há um ano, se realmente não acreditasse nele“, finalizou.

 


CLIQUE AQUI PARA SEGUIR NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK


 

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO