Clovis Sultanum, ex-vereador de Ferraz, falece aos 62 anos

0
236
Clovis Sultanum falece após luta contra um câncer de pulmão
Clovis Sultanum falece após luta contra um câncer de pulmão

O ex-vereador por Ferraz de Vasconcelos, Clovis Sultanum de Figueiredo, o Barba, de 62 anos, faleceu no domingo, dia 12, no Hospital Santa Marcelina, em Itaquera.

Há mais de dez anos, o ex-parlamentar lutava contra um câncer de pulmão. O corpo dele foi velado na Câmara Municipal e depois sepultado nesta segunda-feira no Cemitério do Carmo, na zona leste da capital paulista.

Em Ferraz de Vasconcelos, começou a sua carreira política, em 1988, quando disputou a primeira eleição de vereador obtendo nas urnas 358 votos ficando, na época, como suplente pelo Partido Liberal (PL), atual Partido da República (PR).

Aliás, ele chegou a tomar posse no mandato de 1989 a 1992. Neste último ano, elegeu-se com 753 votos permanecendo no cargo de 1993 a 1996.

Já no pleito de 1996, foi reeleito com 1.279 sufrágios, sendo o mais votado naquela disputa eleitoral, resultado que o credenciou para presidir o início da sessão solene de posse, em 1º janeiro de 1997 cujo mandato estendeu-se até 2000.

No ano seguinte, vitorioso com 811 votos, assumiu o seu terceiro período consecutivo como vereador titular até 2004. Na Casa, presidiu a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Naquele mesmo ano, Clovis Sultanum concorreu a reeleição também pelo então PL, porém, apesar da expressiva de votação de 1.010 votos, o partido não alcançou o quociente eleitoral suficiente para elegê-lo. Na ocasião, Barba garantiu a primeira suplência.

Em 2006, já no Partido Popular Socialista, tentou uma das 94 cadeiras na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), mas sem êxito.

Em 2008, disputou a sua última eleição municipal desta vez pelo PMDB recebendo, na oportunidade, 738 votos. Depois disso, abandonou definitivamente a vida pública dedicando-se somente ao setor privado como empresário do ramo da construção prestando serviço, por exemplo, nas Prefeituras Municipais de Ferraz de Vasconcelos, de Poá e de Suzano, entre outras, instituições.

Natural de São José do Caiuá (PR), Barba ainda jovem saiu região sul do País para morar, em São Paulo. Em Ferraz de Vasconcelos, residiu durante muitos anos na Vila Santo Antônio e, finalmente, no Parque São Francisco, até sua morte. O ex-vereador deixa a esposa Izildinha Aparecida de Queiroz e a filha Cristiane do primeiro casamento.

 


CLIQUE AQUI PARA SEGUIR NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK


COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO