Brasileiros dão nota melhor para Moro do que para Bolsonaro. Lula também aparece (bem) em pesquisa
A nota média de Sérgio Moro, ministro da Justiça e Segurança Pública, é a mais alta e supera até a do presidente/ Foto: José Cruz/Agência Brasil e Fabio Rodrigues

Após uma semana de mandato, 40% da população avalia o governo de Jair Bolsonaro como ótimo ou bom, de acordo com uma pesquisa XP/Ipespe divulgada nesta quinta-feira, 17.

Os dados “reforçam a existência de um período de lua de mel do novo presidente com a população”, diz o texto da XP.

29% consideram o início da gestão regular, e 20%, ruim ou péssimo. 11% não souberam opinar ou não responderam.

As 1000 entrevistas foram realizadas por telefone entre os dias 9 e 11 de janeiro e a margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.

A expectativa de que o governo Bolsonaro seja “ótimo ou bom” melhorou um pouco, de 59% em dezembro para 63% em janeiro, enquanto a expectativa negativa caiu de 17% para 15% no período. 19% seguem esperando um governo “regular”.

“A quebra ocorrida entre a expectativa positiva e a aprovação do governo é movimento comum que aconteceu também em outros mandatos presidenciais, segundo histórico de pesquisas públicas disponíveis”, aponta a XP.

Mais da metade dos entrevistados (58%) acha que Bolsonaro deveria eleger a segurança pública como área para as primeiras medidas do governo; a pesquisa foi feita antes da assinatura do decreto de flexibilização de posse de armas.

Em seguida vêm as reformas econômicas (33%) e por último as questões de valores e costumes (5%).

A visão do Legislativo mudou radicalmente em um mês com a perspectiva da posse de uma nova composição do Congresso Nacional.

A avaliação negativa caiu de 63% para 37%, enquanto a positiva foi de 6% para 17% e a regular de 27% para 34%.

A pesquisa também criou uma avaliação de 11 personalidades políticas por meio de notas dadas pelos entrevistados.

A nota média de Sérgio Moro, ministro da Justiça e Segurança Pública, é a mais alta e supera até a do presidente. Em último lugar ficou o atual presidente do Senado, Eunício Oliveira.

Veja todas as notas: 

  • Sérgio Moro: 7,3
  • Jair Bolsonaro: 6,7
  • Paulo Guedes: 6,1
  • Lula: 5,5
  • General Mourão: 5,5
  • Onyx Lorenzoni: 5,3
  • João Doria: 5
  • Ciro Gomes: 4,6
  • Rodrigo Maia: 4,5
  • Fernando Haddad: 4
  • Eunício Oliveira: 3,8