Ato marca início de construção da passarela na região do Centro Industrial em Arujá

0
46

A nova passarela da Rodovia Presidente Dutra, no quilômetro 203,5, terá sua edificação iniciada em Arujá nos próximos dias.

Localizada em frente ao Centro Industrial, a estrutura deve ser concluída até maio de 2018 e beneficiará moradores do Nova Arujá e Jordanópolis e trabalhadores que atravessam a rodovia diariamente.

Para oficializar o início dos trabalhos, a CCR Nova Dutra instalou a placa da obra na tarde desta segunda-feira, 13. O prefeito José Luiz Monteiro e equipe, o deputado federal Marcio Alvino e o deputado estadual André do Prado, assim como vereadores, comemoraram a nova conquista para a população arujaense.

Quantas pessoas já morreram tentando atravessar essa via entre os carros. É desesperador ver gente esperando meros segundos para passar para o outro lado. Estamos muito próximos de alcançar esse sonho necessário, que é ver as pessoas atravessarem em segurança”, afirmou o prefeito, agradecendo o esforço de todos que, desde a década passada, se esforçaram para providenciar a passarela.

Pedido antigo de moradores, prefeitura, vereadores, deputados e empresários, a nova passarela dará segurança a muitas pessoas que, por necessidade e falta de opção, se arriscam entre as faixas da rodovia para passar ao outro lado, no intervalo dos carros.

De acordo com o presidente da Associação do Centro Industrial de Arujá (AECIA), Sergio Guaglioni, cerca de 500 trabalhadores atravessam a Dutra todos os dias para esperar o ônibus e voltar para a casa.

Com investimento de R$ 2,6 milhões, a construção da passarela será realizada em duas etapas. A primeira fase deverá começar nos próximos dias, conforme informou o engenheiro da CCR Nova Dutra, Cássio Levada, em reunião na HRM Caldeiraria Industrial.

A viga de travessia da nova passarela possui 35 metros de comprimento e 1,60 metros de altura. Segundo informações da CCR Nova Dutra, concessionária responsável pela via federal, outras 17 vigas de concreto pré-moldado vão compor as rampas de acesso.

O engenheiro também explicou que a outra passarela a ser edificada no quilômetro 201,7, próximo ao ‘Come Bem’, já era para ter iniciado, mas atrasou em virtude de problemas técnicos e será lançada em breve.

 


CLIQUE AQUI PARA SEGUIR NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK


COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO