A Prefeitura de Itaquaquecetuba, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer conta com um trabalho esportivo voltado para pessoas com deficiência. Este trabalho já rende frutos, tanto que devido ao destaque um atleta que treina Futebol de 7 para PC (paralisia cerebral) pela pasta, foi convocado para a seleção brasileira paralímpica sub-19 desta modalidade.

 

César Augusto de Aguiar, este é o nome do atleta e que treina pela Secretaria Municipal de Esportes. De acordo com o coordenador de Futebol de 7 no município, Erasmo Ferreira da Trindade, além de representar a cidade de Itaquá, o atleta também vai como representante do Estado, uma vez que se destacou no campeonato paulista no ano passado e conseguiu a convocação.

 

Ainda segundo o coordenador da modalidade, Itaquaquecetuba é o único município que possui uma equipe de Futebol de 7 pela Secretaria de Esportes, pois as demais equipes existentes geralmente são de associações. O atleta César Augusto deve se apresentar no Centro Paralímpico, que fica em São Paulo, no mês que vem para iniciar o treinamento.

 

Em Itaquá, o treino do Futebol de 7 acontece sempre as sextas feiras, das 19 às 21 horas, no Ginásio Municipal ‘Sumiyoshi Nakaharada’, na Rua Santa Rita de Cássia, 151, no bairro Vila Japão, onde também são desenvolvidas atividades para deficientes visuais – GoalBall e Futebol de 5. Mais informações sobre estes projetos podem ser obtidas pelo telefone 4641-4201. 

 

O Secretário de Esportes, Ronaldo Nava parabenizou o atleta, desejou boa sorte e agradeceu também a todos que treinam o Futebol de 7 pela pasta e por representarem bem a cidade nas competições que participam.

 

De acordo com o Comitê Paralímpico Brasileiro, o Futebol de 7 é praticado por atletas com paralisia cerebral, decorrente de sequelas de traumatismo crânio-encefálico ou acidentes vasculares cerebrais. As regras são da FIFA, mas com algumas adaptações feitas pela Associação Internacional de Esporte e Recreação para Paralisados Cerebrais (CP-ISRA). O campo tem no máximo 75m x 55m, com balizas de 5m x 2m e a marca do pênalti fica a 9,20m do centro da linha de gol. Cada time tem sete jogadores (incluindo o goleiro) e cinco reservas.