Ashiuchi destaca que o Alto Tietê foi decisivo para a presença de Márcio França no 2º turno
No dia 2 de outubro o governador Márcio França foi recebido por diversos apoiadores e lideranças na cidade de Mogi das Crues/ Foto: Divulgação
Prefeitura de Mogi das Cruzes

“Nós aqui em Suzano e na região fomos os primeiros a apostar na candidatura do Márcio França, quando ele tinha apenas 2% das intenções de votos  e os outros candidatos (Doria e Skaf) tinham mais de 20%”, afirmou o prefeito e presidente do Condemat, Rodrigo Ashiuchi (PR), em sua participação no programa “Vai Encarar?” desta segunda-feira, 8.

Ashiuchi foi convidado para fazer uma avaliação dos resultados da eleição do domingo, 7. O prefeito de Suzano acrescentou que ele e várias lideranças políticas do Alto Tietê vestiram a camisa de Márcio França ainda quando ele ocupava o cargo de vice-governador de Geraldo Alckmin (PSDB) e decidiu concorrer à reeleição mesmo sendo praticamente desconhecido em grande parte do Estado de São Paulo.

Neste contexto, segundo o presidente do Condemat, o Alto Tietê teve papel decisivo na virada de Márcio França na disputa do primeiro turno. O candidato do PSB esteve o tempo todo atrás nas pesquisas e só no momento da apuração (por volta das 20h30 desse domingo) é que França ultrapassou Paulo Skaf para se garantir no segundo turno contra João Doria.

A diferença de votos entre Skaf e França foi de aproximadamente 80 mil votos. Rodrigo Ashiuchi lembrou que desde a noite de domingo lideranças políticas e da sociedade civil estariam se apresentando como ‘apoiadores’ de Márcio França.

“Agora tem gente dizendo que apoiou o Márcio França, mas ele começou com 2% das intenções de votos e está no segundo turno. É importante destacar quando decidi apoiar o França foi porque olhei no olho dele e senti que suas ideias e propostas eram sérias e que ele tinha palavra, que merecia a nossa confiança e o nosso apoio”.

“Depois que ele assumiu como governador (em abril deste ano) ele vem cumprindo tudo o que prometeu para Suzano e a região do Alto Tietê e trabalhamos muito para que ele subisse nas pesquisas e chegasse ao segundo turno”.

“Continuo avaliando que o Márcio França é o melhor nome para governar o Estado e será um ótimo governador para o Alto Tietê. Não vou fazer críticas ao candidato adversário (Doria) e nem àqueles que avaliam que o outro concorrente é o melhor, mas vou continuar tendo lado para o segundo turno da eleição. Acredito que nossa região e o Estado vão avançar muito com a eleição do Márcio França”, argumentou Ashiuchi durante o “Vai Encarar?” desta segunda-feira.