Obra da sede do Parque Ecológico Jardim Fazenda Rincão é lançada
As obras da sede do Parque Ecológico Jardim Fazenda Rincão foram lançadas nessa terça-feira pelo prefeito de Arujá, José Luiz Monteiro

Com investimento da empresa CF IV Logística em um projeto de prédio de três andares, com sala de exposições, auditório, palco de arena, banheiros com acessibilidade e lanchonete, as obras da sede do Parque Ecológico Jardim Fazenda Rincão foram lançadas nessa terça-feira, 5, pelo prefeito de Arujá, José Luiz Monteiro, em evento da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

A obra da sede será executada após Prefeitura e CF IV Logística assinarem um Termo de Compromisso Administrativo (TCA). Ela consiste na primeira etapa do processo de revitalização completa do parque, que incluirá, na sequência, guarita de segurança, pistas de caminhada e patins, bicicletário, xadrez gigante, academia ao ar livre, quadra de areia, espaços kid’s e de leitura, quiosque de descanso, orquidário e plantio de mudas nativas oriundas de processos de compensação ambiental.

A expectativa é que todos estes equipamentos e áreas estejam concluídos no Dia Mundial do Meio Ambiente 5 de junho de 2019, segundo informações da assessoria de imprensa do governo do prefeito José Luiz Monteiro (MDB).

Conforme contextualizou a secretária municipal de Meio Ambiente, Ionara Fernandes, o parque será um espaço urbano de lazer, prática de esportes e ações ambientais voltados ao uso da população.

“O parque é um sonho de 30 anos e o dia de hoje é o marco inicial de um projeto construído por muitos gestores e moradores, como o senhor Angêlo (Dorini) e dona Iracema (Carolina), que cuidam deste espaço por conta própria”, afirmou a secretária.

Durante a cerimônia, o secretário municipal de Planejamento, Juvenal Penteado, ressaltou que a implantação do parque faz parte do plano de governo do prefeito José Luiz Monteiro e que a sede faz parte de uma compensação oferecida pela CF IV, que constrói um centro de logística na cidade. “O custeio de R$ 1,5 milhão de investimento é totalmente da empresa”, disse.

Consciência

O prefeito arujaense fez questão de destacar que a entrega completa do parque à população será fruto do empenho de vários setores da administração e que o objetivo principal é resgatar a consciência ambiental das pessoas.

“Aqui nesta área havia até sofá velho jogado e em breve teremos um espaço para uso geral do povo de Arujá. A história mostra que o desenvolvimento do Brasil, desde a extração do pau-brasil, passando pelas queimadas de áreas para o plantio de cana de açúcar, o desmatamento para as plantações de café e a industrialização, foi feito sem preocupação ambiental. É por isso que ocasiões como estas devem ser valorizadas. Hoje temos uma equipe que trabalha com visão e compromisso com o futuro da cidade”, disse.

Monteiro ainda falou da importância de parcerias como a que permitiu a construção da sede do parque. “Temos um orçamento enxuto e, sem a participação de empresas como a CF IV faz aqui, é muito difícil o município tocar investimentos como estes”.

Acompanharam a cerimônia os vereadores Marcelo José de Oliveira, Ana Cristina Poli, Edval Barbosa Paz (Profº Edval), Reynaldo Gregório (Reynaldinho) e o assessor Jair, representando Sebastião Vieira de Lira (Paraíba Car). Na oportunidade, Marcelo parabenizou a administração pela iniciativa e destacou o apoio do Legislativo municipal.

Localização

A entrada do Parque Ecológico será na rua Fenacita, na altura do número 500.