Aos 81 anos morre Makoto Iguchi, ex-prefeito de Ferraz e um dos fundadores do PSDB
Makoto, considerado por muitos o melhor prefeito da história ferrazense, morreu aos 81anos de causa natural/ Foto: Divulgação

O corpo do ex-prefeito de Ferraz de Vasconcelos, Makoto Iguchi, está sendo velado nesta quarta-feira, 15, em Itaquera, segundo informações da Câmara de Vereadores em Ferraz. Makoto, considerado por muitos o melhor prefeito da história ferrazense, morreu aos 81anos.

Nas próximas horas o Jornal Oi vai revelar a causa da morte do ex-prefeito e detalhes do sepultamento. Iguchi nasceu em 10 de maio de 1937, no bairro de Itaquera, em São Paulo.

Filho de Kichisaburo Iguchi e Yukio Iguchi, é casado com Mihiko Hara Iguchi, com quem teve quatro filhos: Walter Iguchi, Cecil Iguchi, Ricardo Iguchi e Yara Iguchi.

Seu pai foi o doador do prédio da atual Escola Edir do Couto Rosa, e homenageado com o nome dado a Rua Kichisaburo Iguchi, no Residencial Paredão em Ferraz de Vasconcelos.

Makoto fez especialização no Japão 

O ex-prefeito de Ferraz cursou o 1º grau no G.E. de Ferraz de Vasconcelos, o 2º grau (ginasial) no Instituto de Educação Washington Luiz e formou-se em Administração de Empresas pela Universidade Braz Cubas. Possui também um curso de especialização Genética Avícola em Tóquio, no Japão.

Makoto, que cresceu em Ferraz de Vasconcelos, foi um dos fundadores do PSDB, junto a Franco Montoro e Mário Covas. Iniciou sua vida política no extinto partido Movimento Democrático Brasileiro (MDB), no qual foi eleito prefeito de Ferraz pela primeira vez em 1973, sendo eleito novamente em 1982.

Iguchi também foi fundador do Rotary Club Ferraz de Vasconcelos, localizado na Vila Corrêa. Chegou a ocupar diversos cargos neste, inclusive a presidência. Também foi o fundador da Associação Pró-Excepcionais, Kodomo, Sono de Itaquera e também fundador e ex-presidente da CONDAS Saúde.

Ferraz terra arrasada já em 1983 

Ao tomar posse em 1983, Makoto e seu vice-prefeito, Alfredo, encontraram uma situação “caótica” na área da saúde da cidade. O município possuía cerca de 52.000 habitantes, que dependiam exclusivamente do Centro de Saúde II e do Centro de Saúde III, na Vila Santo Antonio.

O único hospital existente, o “São Marcos”, era particular e deixava a população mais carente totalmente desamparada. Porém, no dia 30 de janeiro de 1986, o Hospital e Maternidade São Marcos é estatizado, e passa a ser denominado Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos, servindo a população da cidade e dos municípios vizinhos.

Em seu governo, criou o Parque Industrial e a implantação de grandes indústrias como: Brinquedos Bandeirantes, Nambei, Máquinas Universo, entre outras. Conseguiu construção das escolas: Iijima, Lândia Batista, Parque Dourado, Vila São Paulo, ABC [desambiguação necessária], Vila Correa e São Francisco.

Responsável também pela implantação do Condas, que se tornou referência nacional. Conseguiu a construção dos prédios dos postos de saúde da Vila São Paulo e Santo Antonio. Construiu o Ginásio de Esportes, a Biblioteca Municipal e municipalizou o Parque Nosso Recanto e com o projeto Cura, asfaltou a região da Vila Santo Antonio, Vila do Americano e parte do Tanquinho.

Deputado federal por 30 dias

Makoto Iguchi também foi deputado federal por 30 dias, assumindo em 1995, como segundo suplente de Geraldo Alckmin.