Ao barrar investimentos para Arujá, Itaquá, Guarulhos e Poá, Doria manda recado para região: ‘Chegou a hora da vingança’
Doria está castigando (e poderá castigar ainda mais a região) pelo fato de praticamente todos os prefeitos ligados ao Condemat terem feito campanha para Márcio França/Foto: Glaucia Paulino/Oi Diário
Prefeitura de Mogi das Cruzes

Se alguém tinha dúvidas de que o novo governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), retalharia de alguma forma o Alto Tietê (pelo fato de a maioria dos prefeitos ter apoiado o ex-governador e candidato Márcio França na eleição do ano passado), as decisões de Doria de cancelar convênios assinados pelo ex-governador com cidades da região, eliminam por complexo as dúvidas: sim o novo governador está castigando (e poderá castigar ainda mais a região) pelo fato de praticamente todos os prefeitos ligados ao Condemat terem feito campanha para Márcio França que foi derrotado por Doria no 2º turno da eleição em São Paulo.

No total o novo governador, sob a alegação de que houve viés politico, cancelou convênios de R$ 30 milhões assinados no 2º semestre de 2018 pelo governo do Estado com as prefeituras de Guarulhos, Poá, Itaquá e Arujá.

Se for levado em consideração o fato de que Mogi das Cruzes apoiou Doria na eleição de 2018, verifica-se que a metade das cidades do Condemat foram afetadas pela ‘canetada’ do novo governador do Estado.

Consórcio diz que tentará reverter situação que prejudica a região

Na última segunda-feira, em reunião no Condemat que é comandado pelo prefeito de Suzano Rodrigo Ashiuchi (PR), os prefeitos externaram a preocupação com a suspensão dos recursos, que prejudicará principalmente as obras para pavimentação e recuperação de vias.

Os prefeitos também trataram sobre a articulação política da Região para uma aproximação com o Governo do Estado.

De imediato, será encaminhado um ofício ao governador João Doria, no qual o Condemat deseja sucesso, se coloca à disposição do novo Governo e reforça a necessidade de continuação das parcerias alinhadas nos últimos dois anos.

Além disso, o documento reforça a importância do Alto Tietê para o contexto estadual, a representatividade do Consórcio, que reúne 11 cidades – é o maior da Região Metropolitana -, e a atuação integrada dos municípios. Está sendo pleiteada, ainda, uma agenda dos prefeitos do Condemat com o governador João Doria.