A importância de doar-se
Peço a Deus todos os dias que eu não perca a vontade de doar este enorme amor que existe em meu coração/ Foto: Divulgação

Muitos acham que fazer uma doação tem relação exclusivamente com questões financeiras. Puro engano de quem pensa assim, pois se doar é muito mais que isso.

Poder fazer o bem ao próximo sem querer nada em troca é algo que precisa ser amadurecido no coração de muitas pessoas.

Escolhi esse tema essa semana, pois posso dizer com propriedade o quanto é importante executarmos essa ação de se doar e o quanto isso faz bem.

Vou contar bem resumidamente um pouquinho da minha história relacionada à doação. Trabalhei muitos e muitos anos em uma multinacional, tinha minha carreira profissional e além das minhas atividades dentro da empresa (e que não eram poucas), também apoiava ações voluntárias. Acreditem, participei de muitas campanhas de agasalho sem imaginar que um dia cuidaria de uma campanha de uma cidade como Suzano.

Pois bem, chegou um belo dia tive que escolher entre minha carreira e se doar. Minha escolha? A melhor de todas: FAZER O BEM AO PRÓXIMO.

Podemos doar amor, gratidão, respeito, sorrisos, entre diversas outras coisas, mas o que de fato importa, é a relevância desse ato de entrega que devemos tornar um hábito. Durante esse mês por meio do Fundo Social, estamos fazendo uma campanha de apadrinhamento para deixar o Natal das nossas crianças mais felizes.

Se você passou o ano e ainda não soube como ajudar alguém, essa é uma oportunidade de começar! Recebi esses dias um recadinho de uma pessoa que apadrinhou uma criança e fiquei muito contente, pois a mensagem foi mais ou menos assim: “Larissa, nunca tinha participado de uma ação como essa e estou feliz em poder fazer o bem a uma criança”. Imagine se meu coração não encheu de felicidade…

Peço a Deus todos os dias que eu não perca a vontade de doar este enorme amor que existe em meu coração, mesmo sabendo que muitas vezes ele será submetido a provas. Doa-se! Você será mais feliz!